Festival F

  • Sómente

  • 1 SET 2018 • 19h15 • Relvado Palco Ria

Duração: 25 minutos

Ficha artística e técnica:
Encenação, Dramaturgia e Interpretação: Sérgio Fernandes
Música Original: Ferdinand Breil
Guarda-Roupa: Tuya Hermann
Adereços: Olga Dumova
Máscara: Bernardo Rey e Sérgio Fernandes
Cenário (Banco): Luis Lino e Eddie Dorner
Operador de Som: João Veiga


O ritmo a que a sociedade vive e evolui, faz com que os mais velhos estejam a ser esquecidos, ou mesmo abandonados. No crepúsculo da vida, um homem pode fechar-se na bolha solitária do passado. É preciso coragem para continuar a procurar alegria e amigos. Sómente é o retrato de um homem que permaneceu jovem de coração, mas que está preso num corpo desgastado pela passagem do tempo. Conseguirá sair da bolha? ! Uma peça de teatro sem diálogos, na qual o carinho, a emoção e a poesia das imagens estão em primeiro plano. Espectáculo de grandes dimensões (cenário e personagem em andas) com forte impacto visual no espaço público (Teatro de Rua).
A solidão e o envelhecimento são um tema recorrente nas peças do Teatro Só. Porém, as personagens não são tocadas pelo desespero, mas sim pela reflexão dos gestos e pela gratidão da memória. A palavra “recordação” vem do francês “recour” (re-coração). Recordar é isso: fazer passar pelo coração, uma e outra vez...

 

Em parceria com o:

Faro • 5 a 7 Setembro

Vila Adentro_Faro

Bilheteira