Festival F

  • Categoria
  • MARIA

  • 7 SET 2019 • 00h00 • Palco Arco

As cidades pequenas são terrenos férteis para a criatividade. Quando não há grandes distracções, coisas para fazer ou sitíos onde ir, o ócio, quando bem explorado, acaba por transformar-se em arte. Foi mais ou menos essa a origem de Maria. Reza a lenda que levava uma MPC para a escola e faltava às aulas para ficar a produzir. Aí começaria a explorar os caminhos do hip-hop — de Detroit a Bristol — trabalhando para poder comprar os seus próprios discos. Talvez tenha sido aí também que — mesmo sem ter consciência disso — se começaria a tornar no ás do sampling que hoje conhecemos. A samplar, claro, mas também a decifrar quem samplou quem, e a compilar as suas descobertas. A certa altura, a sua jornada virou-se para a electrónica, a bordo de sintetizadores e maquinaria pesada que o levaram a criar vários alter-egos, mas que, de certa forma, fizeram com que o universo o trouxesse até nós. Detentor de uma sensibilidade fora do vulgar, transpõe o seu sentido estético e a sua capacidade de organização para as suas produções. Exemplo disso é o EP Cor e Forma e as suas várias contribuições para as ROXO ou para as Beat Camp. Por vezes pode ser difícil decifrar o que lhe vai na alma, estando sempre em constante estado de contemplação e a engendrar as próximas ideias. Mas a verdade é que Maria veio ensinar-nos que ser-se sentimentalista sem ser lamechas é possível. E até hoje, não conhecemos quem consiga essa proeza tão bem.

Faro • 5 a 7 Setembro

Vila Adentro_Faro

Bilheteira